infartoFora de ordem

Infarto

Por Sílvia Pinella

As doenças cardiovasculares representam a principal causa de mortes no Brasil. São mais de 1100 mortes por dia, cerca de 46 por hora, 1 morte a cada 1,5 minutos (90 segundos). Assim, causam o dobro de mortes que aquelas devidas a todos os tipos de câncer juntos, 2,3 vezes mais que as todas as causas externas (acidentes e violência) e 3 vezes mais que as doenças  respiratórias. Muitas dessas mortes poderiam ser evitadas ou postergadas com cuidados preventivos e medidas terapêuticas. A presença dos fatores de risco clássicos (hipertensão, dislipidemia, obesidade, sedentarismo, tabagismo, diabetes e histórico familiar) aumenta a probabilidade de doenças cardiovasculares. Dentre estas, o infarto agudo do miocárdio é uma emergência clínica que deve ser prontamente reconhecida e rapidamente tratada. O sintoma clássico é desconforto torácico, acompanhado ou não  de náusea e/ou vômito, fôlego curto, suor frio, tontura e desmaio. Pode haver dor no braço, na mandíbula ou nas costas. O diagnóstico é feito com base nas características clínicas e sintomas, alterações no eletrocardiograma e alterações nas enzimas do sangue.

O alerta, a prevenção e o tratamento adequado dos fatores de risco e das doenças cardiovasculares podem reverter essa grave situação. Procure seu médico!

Deixe uma resposta